Cor

 

A luz nossa de cada dia, dai-nos hoje...

Em tremeluzentes infinitas nuances, a luz está aí, nascendo, morrendo e renascendo, sempre a mesma e nunca a mesma, nova e imortal, simples, poderosa, universal, penetrante e até terrível, em raios e trovões.

3x20 FAROL2vinh.tif

O Sol e a Lua exteriores projetam nossos sóis e luas interiores, eternos, imperecíveis, faróis na impermanência, símbolos e essência.

Matizes e brilhos brincam, pululam e cambiam sem cessar. Resplandecem neste imenso maravilhoso jardim terreno. Refletem a criação emanando, incessantemente, de sua fonte única, indestrutível, anterior e posterior, tudo que é, berço de estrelas...

Astros, aurora, arco-íris, raio de sol após chuva, flores e pedras a vicejar em composições de inesgotáveis possibilidades, brilho branco de água ondulante, reflexo cristalino de olhos da alma, fulgor de chama ígnea, celeste abertura infinita entre transitórios vapores, áurea luminosidade do centro radiante – temas de meditação, e a meditação em si.

3x20 ARQUIPELAGOvinh.tif

Meditação no fazer, fazer meditando, a luz, recriando e revelando, encantando-se e inspirando encantar, brincando com a verdade, pairando...

Cor – instrumento, morada da luz, entoando a iridescente melodia de paz e sabedoria: possamos imersos em ti apreender que somos ferramenta, somos linguagem, somos luz!

Que nosso ser brilhe, como flores e astros.

Sejamos inteiramente poeira de estrelas, fluindo em graça energia amorosa a vivificar universos sem fim...